Interrupção de chamada

O valor da tarifa de táxi vai aumentar a partir deste sábado (2) na na capital paulista. Os novos preços foram autorizados pela Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana (Senatram) e pelo Departamento de Transportes Públicos (DTP) da prefeitura.Segundo divulgado pela Agência Brasil, o reajuste envolve os modelos de táxi comum, rádio táxi, táxi preto e táxi especial.

+ Uber divulga quais são as cidades com os melhores passageiros
+ App 99 lança viagens de moto; corridas podem sair até 30% mais baratas
+ Uber lança viagens de moto no Estado de São Paulo

A bandeirada (valor inicial da corrida) passará de R$ 4,50 para R$ 5,50; a tarifa quilométrica (valor por quilômetro rodado), de R$ 2,75 para R$ 4,00; e a tarifa horária (quando o carro fica parado ou circula a menos de 15 quilômetros por hora), de R$ 33,00 para R$ 49,00.

A bandeirada do táxi luxo, por sua vez, subirá de R$ 6,75 para R$ 8,25; a tarifa quilométrica, de R$ 4,15 para R$ 6,00; e a tarifa horária, de R$ 49,50 para R$ 73,50.

Segundo a prefeitura, os valores foram ajustados após sete anos sem alterações, abaixo da inflação acumulada no período – 53,09% medida pelo IPCA.

Os taxímetros serão adequados às novas tarifas e, até que isso ocorra, os taxistas deverão, obrigatoriamente, prestar o serviço dispondo de duas tabelas de conversão no interior do veículo. Atualmente há 36.738 táxis ativos credenciados na cidade de São Paulo.

MAIS NA Interrupção de chamada:

+ Cauã Reymond ganha Range Rover Sport híbrido de 404 cv; conheça
+ Startup brasileira inicia pré-venda de sua 1ª moto elétrica
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Nova Montana: 3ª geração da picape da Chevrolet chega em 2023; assista
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Modificação de carros dispensa autorização prévia, segundo Projeto de Lei
+ Ram lança a luxuosa picape 3500 no Brasil; confira as versões e preços
+ Leilão de clássicos de sábado (2): lista inclui Chev C10 e Ford 1929
+ Abarth chega ao Brasil como marca; Pulse será o primeiro modelo comercializado
+ A Mobylette está de volta, agora elétrica

Interrupção de chamada Mapa do site