Interrupção de chamada

Uma denúncia por “comportamento impróprio” envolvendo o chefe da Red Bull, Christian Horner, fez com que o time abrisse uma investigação interna.

Mesmo sem detalhes sobre o conteúdo das alegações, Oliver Mintzlaff, diretor do departamento de esportes da Red Bull, decidiu esclarecer os fatos.

+ Hamilton na Ferrari: confira outras trocas de equipe que surpreenderam o mundo da F1
+ Qual será o salário de Lewis Hamilton na Ferrari? Veja quanto ganham os pilotos de F1

“Esse processo já está em andamento, está sendo conduzido por um advogado externo especializado. A empresa leva essas questões extremamente a sério e a investigação será concluída o mais rápido possível. Não seria apropriado fazer mais comentários neste momento”, afirmou o dirigente.

Sobre o tema polêmico, Horner ficou na defensiva e imediatamente negou qualquer postura inapropriada de sua parte em relação às pessoas com quem trabalha no dia a dia. “Rejeito completamente essas alegações”, disse o chefe do piloto holandês Max Verstappen.

Christian Horner é casado com Geri Halliwell, ex-integrante da banda Spice Girls. O executivo trabalha na função de chefe de equipe na Red Bull desde 2005 e agora aguarda os desdobramentos da investigação.

Em meio a essa polêmica, a Red Bull vem trabalhando no lançamento do RB20, novo carro da equipe para a disputa da temporada 2024 de Fórmula 1. A primeira etapa acontece no início de março, com o GP do Bahrein.

Interrupção de chamada Mapa do site