Interrupção de chamada

Segundo um levantamento do Sem Parar, empresa de tags de pedágio e estacionamentos, o preço da gasolina comum na cidade de São Paulo subiu, em média, 9,9% em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2023. De acordo com a empresa, o preço médio do litro subiu a R$ 5,40, contra R$ 4,91 no mesmo mês do ano passado.

Ainda segundo o Sem Parar, a versão aditivada da gasolina teve aumento de 8,3%, indo de R$ 5,32 em janeiro de 2023 para R$ 5,76 em janeiro deste ano. O levantamento da companhia tem como base 17 milhões de litros de combustíveis abastecidos em postos da cidade de São Paulo, durante os meses de janeiro em 2023 e 2024.

+ Etanol está mais competitivo em relação à gasolina em 14 Estados e no DF

Etanol recua

Já o preço médio do litro do etanol (álcool) recuou. A versão comum caiu 16,6%, indo de R$ 3,80 em janeiro de 2023 para R$ 3,17 neste ano. O álcool aditivado teve queda de 11,5%, com o preço médio oscilando de R$ 4,12 em 2023 para R$ 3,65 em janeiro de 2024.

Ambas as versões do diesel também apresentaram queda. O valor médio do litro aditivado foi de R$ 6,49 em 2023 para R$ 6,16 em janeiro deste ano, um diminuição de 5,2%. Já o médio do litro do diesel comum reduziu 3,4%, indo de R$ 6,02 em janeiro de 2023 para R$ 5,82 atualmente.

Interrupção de chamada Mapa do site