Interrupção de chamada

A Ford está testando os modelos Mustang Mach-E e a E-Transit no Brasil. Mas, por enquanto, a marca não deve lançar os veículos no País.

“Esses modelos estão sendo testados aqui em Tatuí (SP), no Brasil, com o objetivo de avaliar o seu comportamento na região da América do Sul e relação com as características dos nossos consumidores”, afirma Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul, em nota divulgada.

O executivo destaca que não se trata de um anúncio de lançamento desses modelos no Brasil, mas reforça o papel de Tatuí no futuro da mobilidade.

Criado há mais de 40 anos, o Centro de Tatuí passou por uma recente transformação e possui pistas e laboratórios que atendem a padrões e exigências mundiais. Assista ao vídeo abaixo:

+ Picape policial elétrica? Conheça a Ford F-150 Lightning Pro SSV
+ Ford Escort RS Turbo S1 (1985) que era da Princesa Diana está à venda
+ Ford testa tecnologia que reduz velocidade de carros em zonas restritas
+ Ford pretende produzir 2 milhões de carros elétricos em 2026
+ Ford testa robô de recarga para elétricos que atende público PCD

O Campo de Provas de Tatuí virou Centro de Desenvolvimento e Tecnologia 

Como dito acima, o Centro de Desenvolvimento e Tecnologia de Tatuí da Ford está em uma nova fase.

A operação, que era mais um campo de provas, passou a adotar um nível superior de digitalização, para o desenvolvimento de veículos conectados, elétricos e autônomos, incluindo a instalação de antena 5G e sensoreamento das pistas para comunicação com os sistemas de direção autônoma.

Foto: Divulgação

“Os profissionais do Centro de Tatuí atuam no desenvolvimento, testes, validações e homologações dos modelos do portfólio atual, tanto para o Brasil quanto para a América do Sul, além de participar de projetos globais, incluindo tecnologias da mobilidade do futuro que ainda chegarão às ruas”, diz a Ford em comunicado.

Exportação de tecnologia

Com a expansão, a área reúne um time de 1.500 profissionais e tem a expectativa de gerar uma receita de R$ 500 milhões em 2022 com a exportação de serviços de engenharia para mercados globais.

O centro é um dos sete da Ford no mundo, ao lado dos existentes nos Estados Unidos (três), na Europa, Austrália e China.

Sua estrutura de padrão mundial permite testar veículos para o Brasil e também para outras regiões, como Estados Unidos, China e Europa, reproduzindo as condições e os desafios desses locais a partir da correlação de pistas.

PreviousNext

O Centro de Tatuí ocupa uma área total de 4,66 milhões de m². São 40 km de pistas de terra e 20 km de pistas pavimentadas, com áreas de alta e baixa velocidade e diferentes tipos de piso e traçados, como areia, cascalho, pedras e lama, além de lombadas, obstáculos, tanque de transposição de água e rampas com até 40º de inclinação.

O local está preparado para realizar mais de 440 tipos de testes, como avaliação de durabilidade, calibração, desempenho e segurança, além de homologação.

Desde o início das atividades, mais de 250 milhões de quilômetros já foram rodados nas suas pistas, o equivalente a mais de seis voltas ao redor da Terra.

MAIS NA Interrupção de chamada:

+ Governo abre consulta pública sobre obrigatoriedade de curso para CNH
+ Novo Honda HR-V sofre batida e vai parar em site de leilão
+ GP de São Paulo: novo lote de ingressos será aberto para local exclusivo
+ Hyundai inicia as vendas do novo HB20 com promoção; veja os preços
+ Petrobras anuncia nova redução no preço do diesel a partir de sexta (12)
+ Renegade seminovo aumenta até 55%; veja os SUVs mais valorizados
+ Honda CG 2023 agrega novas cores e grafismos e parte de R$ 13.880
+ Produção do Suzuki Jimny é encerrada na fábrica de Catalão (GO)
+ Honda confirma oficialmente o ZR-V para o Brasil em 2023
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Comparativo: Jeep Commander vs. Caoa Chery Tiggo 8

Interrupção de chamada Mapa do site