Interrupção de chamada

A Ford é reconhecida pela suas picapes da Série F, cujos modelos são os mais comercializados na América do Norte há 45 anos consecutivos. Porém, esse legado iniciou há 105 anos, com o lançamento do Modelo TT, versão utilitária do Modelo T, que criou as bases para a popularização do segmento.

Segundo a companhia, o TT apareceu em um cenário em que o sistema rodoviário dos Estados Unidos estava sendo expandido, graças em grande parte ao sucesso do Modelo T, e as empresas buscavam opções de veículos mais pesados para as operações de transporte.

“Os fabricantes do segmento de reposição já ofereciam adaptações para o Modelo T – que representava metade de todos os veículos da América do Norte em 1917 – com a instalação de caçambas antes de Henry Ford aproveitar essa nova demanda”.

Vale lembrar que o T foi o veículo que deu início à produção em massa da Ford, estimulada pela entrada americana na Primeira Guerra Mundial.

Ford TT – Foto: Divulgação

+ Ford apresenta o modelo de corrida da nova geração do Mustang
+ Avaliação: É possível usar o Ford Mustang Mach 1 no dia a dia?
+ Superesportivo Ford GT tem edição limitada em tributo a Le Mans
+ Nova Ford Transit atinge 1.000 unidades vendidas no Brasil
+ Dark Horse: Ford revela Mustang apimentado com motor V8 de 500 cv

Modelo TT

A versão picape foi lançada em 1917, a qual mantinha a cabine e o motor do antecessor, mas contava com uma estrutura mais robusta com capacidade para transportar até uma tonelada de carga útil.

O Modelo TT adicionava 61 centímetros à distância entre-eixos de 3,05 metros do Modelo T. “Tinha também suspensão traseira mais rígida, um eixo de tração traseiro mais durável, já usado em muitas conversões no pós-venda, rodas de madeira de estilo militar e pneus traseiros de borracha sólida”.

O chassi da picape de US$ 600 podia ser personalizado com caçambas e implementos de carga disponíveis no mercado, adaptados para cada tipo de trabalho.

A Ford conseguiu comercializar mais de 200 unidades do Modelo TT no primeiro ano e, no final da década de 1920, já era líder da categoria.

Em 1925, a sua produção anual cresceu para mais de 260.000 unidades e a venda total chegou a 1,3 milhão em 1928, quando o Modelo TT foi substituído pelo Modelo AA, com chassi de 1,5 tonelada.

Para a Ford, o Modelo TT abriu caminho para a primeira picape da marca com caçamba integrada, o Modelo T Runabout, que veio em 1925, e muitos outros que se seguiram, incluindo a Ford Série F em 1948.

PreviousNext

MAIS NA Interrupção de chamada:

+ Nova CNH: motoristas precisam realizar a troca?
+ Fórmula 1: GP dos EUA ocorre neste fim de semana; veja os horários
+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Comparativo: Jeep Commander vs. Caoa Chery Tiggo 8
+ Quatro novos SUVs: motivos para comprar (e para não comprar)
+ SUVs mais vendidos: motivos pra comprar (e pra não comprar)
+ Voltz prepara cinco lançamentos e tem fila de espera até 2023
+ Detran.SP realiza mutirão para renovação de CNH; 220 mil estão vencidas
+ Vai comprar HB20 ou Creta? Hyundai promete bônus para carro usado
+ Honda lança Biz 125 2023 com nova opção de cor por R$ 13.110
+ Lei da cadeirinha: veja as novas regras para o transporte de crianças
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Preços de carros usados vão cair a curto prazo; entenda os motivos
+ Avaliação: Toyota Yaris Hatch XLS faz mais de 14 km/l; confira
+ IPVA PCD: Estado de SP isenta 228 mil veículos; veja como consultar
+ Nova Montana no Big Brother? Chevrolet estreia no reality em 2023

Interrupção de chamada Mapa do site