Interrupção de chamada

O código de barras da página ao lado não deve ser estranho para você. Se for, pode ir se acostumando, porque a tendência é que essa figura fique cada vez mais popular. Trata-se de um código em 2D, que pode ser lido por meio de um celular ou de uma webcam. No caso do aparelho telefônico, baixando um programa específico para a leitura dos dados é possível fotografar a figura e acessar, por um link de internet, as diversas informações contidas nela.

Esta tecnologia foi desenvolvida em 1994 pela empresa Denso-Wave no Japão. Aliás, lá, o recurso é muito mais comum do que aqui. A tecnologia é usada pelos japoneses das formas mais variadas: de campanhas publicitárias a cartões de visita. No Brasil, o QR Code foi usado apenas em algumas ações específicas, como no cartão de clientes da Claro e em alguns anúncios da GM e da Citroën.

Agora o sistema também está disponível como ferramenta para quem quer vender seu veículo. A agência de comunicação Spinolah lançou o QR Car, um site onde qualquer usuário pode montar um anúncio, contendo diversas informações e até cinco imagens. O serviço é gratuito e simples.

Para demonstrar melhor como funciona o QR Car, Interrupção de chamada fez um teste “anunciando” uma miniatura de Lamborghini. O procedimento é mais simples do que parece. Ao entrar no site www.qrcar.com.br, basta preencher o anúncio com seu nome, e-mail, dados do veículo e fotos. Clicando na tecla “Criar” aparecerá o código de barra, contendo o link de uma página de internet com as informações fornecidas no formulário. É possível imprimi-lo ou fazer o download. Com a figura em mãos, o usuário tem a possibilidade de colar o código de barras em qualquer parte do carro, no tamanho que quiser (há uma medida mínima de 2 cm), e no lugar que julgar conveniente, substituindo a velha plaquinha “vende-se” que, além de feia, expõe excessivamente seus dados (como nome e telefone) à curiosidade alheia.

A partir do momento em que você faz um QR Code recebe em seu e-mail uma senha que lhe dá acesso ao anúncio para que tenha a possibilidade de imprimir o código e mudar as informações quantas vezes quiser.

Acesse o site www. qrcar.com.br (acima) e baixe o programa em seu celular. Aponte a câmera para o código ao lado e certifique-se de que ele está aparecendo na tela grande e centralizado. Faça o click, acesse o link e… pronto! Bem-vindo a uma nova tecnologia virtual para a compra e venda de carros

Depois de fazer o QR Code tratamos de baixar o programa de leitura no celular para que ele pudesse decodificar as informações da figura. Os aparelhos mais modernos já possuem este dispositivo de fábrica, mas este não é o caso da grande maioria. Na própria página www.qrcar. com.br há um link para o download do programa i-nigma. Se ele não for compatível com o seu celular, existem diversos outros leitores de code, como o kaywa (www. reader.kaywa.com). O aplicativo pode ser baixado no computador e depois mandado via SMS ou via bluetooth para o telefone. Outra opção é entrar na internet pelo próprio aparelho e baixar o programa. De acordo com Wilson Spinola, presidente da Spinolah Comunicação, o procedimento pelo celular é mais rápido e fácil. O trâmite dura cerca de dez minutos, pois também é necessário fazer um cadastro. Para quem não domina muito bem o inglês, o processo pode ser um pouco complicado, já que não há instruções em português.

Com o programa já no celular, se você cruzar com um carro com esse código, basta abrir o aplicativo e mirar a câmera, alguns celulares fazem o disparo imediatamente ao identificar o QR Code. Se isso não acontecer, tire a foto e o programa lerá o link do anúncio e mandará uma mensagem perguntando se você realmente deseja se conectar à internet para acessar as informações.

Esta é uma tecnologia que promete estar cada vez mais presente em nosso cotidiano. “O QR Car é também uma avaliação de mercado para futuras utilizações do sistema”, adianta Spinola. Para mostrar na prática como funciona a novidade, convidamos você para testá-la. Fotografe o código de barras à esquerda e descubra a mensagem que deixamos para você. Esta é uma boa forma de se familiarizar com o sistema.

Interrupção de chamada Mapa do site