Interrupção de chamada

Neste Carnaval 2024, mais de 3,2 milhões de veículos devem sair da capital paulista pelas principais rodovias concedidas do Estado. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) preparou um esquema especial de tráfego nas principais vias gerenciadas pelas concessionárias.

+Carnaval 2024: pesquisa aponta produtos mais buscados no e-commerce

As rodovias concedidas pelo Estado contam com ampla infraestrutura para monitoramento e atendimento, compreendendo uma rede de mais de 220 ambulâncias, 280 guinchos e 200 postos e bases de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) distribuídos ao longo das rodovias.

Além disso, o monitoramento dos 11,1 mil quilômetros de malha rodoviária concedida é realizado por meio de contadores veiculares (SATs), câmeras CFTV, painéis de mensagens variáveis (painéis eletrônicos informando sobre as condições da rodovia), call boxes (telefones de emergência), pontos de Wi-Fi e estações meteorológicas, proporcionando maior conforto aos usuários.

“Para proporcionar uma viagem tranquila e com o máximo de conforto para todos que utilizarão as rodovias do Estado durante o feriadão, a Agência e as concessionárias estão trabalhando juntas no reforço de diversos sistemas de atendimento”, destaca o diretor geral da Artesp, Milton Persoli.

Operação Carnaval 2024

O planejamento para a Operação Carnaval 2024, realizado pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, mobilizará 6.236 policiais militares rodoviários durante os cinco dias de folia, entre os dias 09 e 14 de fevereiro. O efetivo será distribuído em todo o estado, com maior concentração nas áreas de maior movimento, como a capital paulista e o litoral.

As ações de inteligência para prevenir crimes e garantir a segurança dos foliões ainda contará com 2.451 viaturas, 576 bases operacionais, 372 radares e 1.908 etilômetros.

Fluxo nas estradas sob concessão

No Sistema Anchieta-Imigrantes, a concessionária Ecovias estima que aproximadamente 515 mil veículos descerão a serra em direção às praias da Baixada Santista pelas rodovias Anchieta (SP-150) e Imigrantes (SP-160). A previsão indica que o fluxo de veículos se intensificará a partir de sexta-feira (9), das 11h à meia-noite, sábado (10), da meia-noite às 21h, domingo (11), das 8h às 15h e segunda-feira (12) das 9h às 12h, quando está programada a implantação da Operação Descida 7×3. Para o deslocamento de volta à capital, é esperado tráfego intenso na segunda-feira (12), das 20h à meia-noite, e no dia 13 (terça-feira), das 10h à meia-noite, durante a execução programada da Operação Subida (2×8).

Cerca de 1 milhão de veículos circularão no Sistema Anhanguera-Bandeirantes durante todo o feriado, com horários de maior movimento previstos no sentido interior, das 16h às 19h de sexta-feira (9) e das 10h às 13h de sábado (10). Para o retorno, espera-se maior fluxo de veículos entre 16h e 20h de terça-feira (13). Durante o feriado, a Operação Caminhão estará em vigor, direcionando os veículos que se destinam à capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) para a Via Anhanguera (SP-330). A ação ocorrerá no trecho do km 48 ao km 23, acessando a rodovia pela Saída 48 da Bandeirantes, visando melhorar a distribuição do tráfego.

No Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto (SP-070), a expectativa da Ecopistas é que cerca de 700 mil veículos passem pelas rodovias nos dois sentidos durante o período. O movimento intensificará das 8h de sexta-feira (9) até a 1h de sábado (10). No sábado, o tráfego aumentará novamente das 4h às 19h. No domingo (11), espera-se movimentação mais intensa das 8h às 13h. Para o retorno, o fluxo de veículos deve crescer na terça-feira (13) das 10h às 23h, e na quarta-feira (14), das 7h às 20h.

Cerca de 208 mil veículos são esperados na Rodovia dos Tamoios (SP-099) durante o período de 9 a 14. O tráfego deverá ficar intenso na sexta-feira (9) à tarde, em direção ao litoral, e na quarta-feira (14) de manhã, em direção a São José dos Campos.

No Sistema Castello-Raposo, operado pela ViaOeste, espera-se um fluxo de 778 mil veículos. Os horários de maior movimento nas rodovias são os seguintes: na sexta-feira (9), entre 15h e 20h; no sábado (10), das 09h às 13h; na terça-feira (13), entre 15h e 20h; e na quarta-feira (14), o horário de pico será das 8h às 10h.

Nos trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas, administrados pela SPMar, estima-se a circulação de aproximadamente 880 mil veículos durante o feriado. O trecho Oeste, administrado pela CCR RodoAnel, prevê receber 1,2 milhão de veículos.

Interrupção de chamada Mapa do site